Lá vem Onania Club, o novo filme do diretor da Centopéia Humana.

Tom Six, o doente (não, tadinho) criador e diretor da franquia (ops) Centopéia Humana, lançøu hoje o poster de seu novo filme. Onania Club está sendo mantido em segredo e tem estreia prometida para o final do ano. Segundo Tom Six, Onania Club é " uma das experiências cinematográficas mais vis e desumanas de todos... Continue Reading →

Anúncios

136/365 DARK CRIMES

Vamos combinar uma coisa: Jim Carrey é um puta comediante, mas é um melhor ainda ator dramático. Dark Crimes é um filmaço e sim, muito pelo Jim Carrey que fala praticamente umas 10 frases o filme inteiro. Carrey é um policial na Polônia encarregado de investigar o assassinato de um empresário medalhão. Logo ele descobre... Continue Reading →

103/365 FIDELIDADE SEM LIMITE

Fidelidade Sem Limite é um filme belga bacaninha, a indicação do país à vaga de filme de língua não inglesa no Oscar. Assisti por isso, mas principalmente porque eu assisto qualquer coisa com a Adèle Exarchopoulos e principalmente com o Deus belga Mathias Schoenaerts. No filme, ela é Bibi, uma mulher de uma família rica... Continue Reading →

66/365 THE REVIVAL

De vez em quando, depois de 1 hora e meia assistindo um filme como The Revival eu me pergunto "por quê?". Por que eu em primeiro lugar cheguei nesse filme? Ah, estava vendo um forum de torrent e achei esse, um filme gay com um pastor no armário. Por que eu baixei esse filme? Porque... Continue Reading →

51/365 LOOKING GLASS

Sim, eu assisti ao segundo filme com o Nicolas Cage menos em menos de 6 meses de diferença entre um e outro e minha cabeça não explodiu. Quer dizer, meio que explodiu. Que porcaria esse Looking Glass. E eu cheguei a uma conclusão sobre mister Nic Cage: o cara tá cansado. Fico pensando que ele... Continue Reading →

21/365 GOD’S OWN COUNTRY

Dizer que God's Own Country é o Brokeback Mountain inglês é reduzir um grande filme a uma referência óbvia e rápida. God's Own Country, que eu traduziria como "Mundão de Deus", uma coisa bem caipira mesmo, é um filme bem caipira inglês que se passa basicamente em um sítio onde Johnny, seu pai quase inválido... Continue Reading →

19/365 A CIAMBRA

Eu amo um filme que me faz sentir como se eu tivesse levado um soco no estômago, ou um tapa de mão aberta no rosto. A Ciambra é um desses e, olha, que porrada. A Ciambra é o candidato italiano a Oscar de Filme de Língua Estrangeira, um dos que não ficaram na lista final... Continue Reading →

14/365 THE STRANGE ONES

E já temos a maior oportunidade de filmaço perdida do ano. The Strange Ones parecia ser bem estranho, no melhor sentido. Começa muito bem com dois "irmãos" viajando de carro por estradas e mais estradas cada vez mais para o interior sem sabermos para onde, já que o que eles falam é bem superficial. A... Continue Reading →

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑