184/365 THE BAD BATCH

Achei o vencedor do prêmio "Filme Bizarro do Ano": The Bad Batch. Começa que o filme foi escrito e dirigido por Ana Lily Amirpour, do filme que nós todos tanto amamos, Garota Sombria Caminha pela Noite, o filme da vampira iraniana. Bom, o que dizer desse Bad Batch? Não sei nem por onde começar, só... Continue Reading →

180/365 OKJA

  Finalmente estreou na Netflix Okja, o novo filme de Bong Joon Ho que causou alvoroço em Cannes esse ano por ter ser um filme em competição e que estrearia não em uma sala de cinema, uma novidade para um festival de cinema. Aliás, não só mais um filme da Netflix como mais um filme... Continue Reading →

Tilda, a Diva.

Em homenagem ao porcão fofo coreano doidão do filme OKJA, que estreia hoje na Netflix, umas fotos bem animais de Tilda Swinton, Diva master da porra toda. O filme do diretor Bong Joon Ho com o também divo Jake Gyllenhaal causou em Cannes esse ano porque, competindo na seleção oficial, foi bem criticado por ser um... Continue Reading →

133/365 THE LURE

The Lure é uma voadora no peito, com os 2 pés e gritando. É um filme polonês sobre 2 sereias que quando na terra, viram cantoras de uma banda numa boate malucona nos ano 80's. Imagine a pequena sereia num filme de terror, sendo que ela faz sexo, fica bêbada, canta e é meio do mal.... Continue Reading →

132/365 REMAINDER

Remainder é um filme inglês bem doidinho, do tipo que eu gosto (e sei que um monte dos que lêem aqui também). Remainder quer dizer restante. E nesse caso é o resto de memória que o protagonista tem depois de sofrer um acidente bizarro. E por ser tão bizarro, ele recebeu uma fortuna em indenização. Fortuna... Continue Reading →

Oscar 2017

Assistindo a premiação do Oscar e vendo Warren Beaty se atrapalhar e se perder com o envelope que ele tinha em mãos para anunciar o principal prêmio da noite, o de melhor filme, cheguei à conclusão que até mesmo um dos mais fodões das artes do mundo se perde quando é pego de surpresa, ao... Continue Reading →

36/365 RESTER VERTICAL

Rester Vertical é a minha primeira decepção deste 2017. Escrito e dirigido pelo francês Alain Guiraudie, cujo filme anterior foi o ótimo Um Estranho No Lago, este filme novo é uma enorme bobagem que quando terminou me deixou pensando se eu teria "entendido" alguma coisa. A premissa do filme é a história de um diretor de... Continue Reading →

4/365 O ORNITÓLOGO

Lá pelos idos dos anos 80's e 90's existia um nicho de filmes que chamávamos de filmes cult que eram os filmes de arte, os filmes mais indigestos, estranhos, vindos de lugares diferentes. E não eram os filmes europeus, que era outro nicho, nem os indies americanos, um também nicho diferente. Os cults eram os... Continue Reading →

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑