313/365 MOST BEAUTIFUL ISLAND

Filme bem estranho do jeito que a gente tanto gosta. Most Beautiful Island é a estreia de Ana Asensio que estrela, escreveu e dirigiu o filme. E se os próximos vierem na mesma pegada, que sorte a nossa. O filme se passa em um dia na vida de Luciana, uma imigrante linda e sem dinheiro... Continue Reading →

Anúncios

307/365 DAPHNE

Nada como um filme escocês bem bacaninha todo feito numa das cidades que vc mais curte, que poderia ser SP, poderia ser o Rio, poderia ser qualquer cidade grande e interessante onde os pós hipsters de 30 e poucos anos estão se fudendo na vida. Ainda. Aliás, se você estiver procurando um filme sobre mulher... Continue Reading →

Cadê seus deuses agora, Hollywood?

Todo mundo já deve ter lido por aí sobre os tuítes da atriz americana Rose McGowan acusando o todo poderoso produtor de cinema Harvey Weinstein de tê-la assediado e estuprado anos atrás. A partir daí, várias atrizes vieram a público contarem suas histórias de assédio e estupro por produtores, diretores e poderosos de Hollywood. Das... Continue Reading →

270/365 MÃE!

Por onde começar a falar (mal) de Mãe!, o novo filme do mais equivocado e pretensioso diretor americano dos dias de hoje, Darren Aronofsky? Antes de mais nada eu preciso falar bem de Darren. Eu gosto muito, mas muito mesmo de 3 filmes dele. Pi, seu primeiro filme, low budget, P&B, insano e noiado é... Continue Reading →

258/365 BAND AID

Nada mais hipster do que uma comédia romântica sobre um casal  de milenials que só brigam e discutem e são uns malas mas que se re-encontram quando resolvem montar uma banda de rock. Band Aid é isso tudo e um pouco mais. É a estreia na direção da também atriz Zoe Lister-Jones que faz o casal... Continue Reading →

254/365 DOENTES DE AMOR

Pra quem, como eu, que achava que as comédias românticas já tinham ido por água abaixo, Doentes de Amor trás de volta à vida um gênero que se perdeu muito ultimamente. E o melhor: Doentes de Amor é um dos ótimos filmes americanos do ano. O roteiro, que é ótimo e sem nenhuma frescura e... Continue Reading →

252/365 BEATRIZ AT DINNER

Tanta coisa pra falar desse filme que eu nem sei por onde começar. Primeiro: Beatriz At Dinner é o filme onde a Salma Hayek finalmente diz a que veio. Depois de um monte de quase bons filmes em sua carreira, Salma tem em mãos uma personagem com a qual mostra toda a sua versatilidade de... Continue Reading →

249/365 THE LOVERS

The Lovers é um daqueles filmes que vinham sendo muito elogiados e que eu tinha certeza que não passariam tão cedo por aqui, por isso aguardava ansioso um torrent amigo. Eis que aparece e eu me jogo e fico feliz. O filme é demais. Não é nenhuma obra prima, mas é um daqueles pequenos filmes... Continue Reading →

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑