190/365 BOYS

Aconteceu uma coisa engraçado quando fui assistir Boys, esse filme holandês de 2014.

Eu tinha certeza que já o tinha visto pela sinopse mas quando comecei a vê-lo foi totalmente novo pra mim.

Assim sendo, continuei a ver a história de dois adolescentes que, na escola, acabam no mesmo time de corrida de revezamento.

Ao treinarem com afinco para o nacional de revezamento, com os treinos puxados, os meninos se aproximam e num dia de relax, nadando no lago, eles se tocam, se beijam e descobrem que são mais que dois colegas.

Só que como em todo bom filme de descoberta da sexualidade por adolescentes junto com a fase de crescimento e mais problemas em casa, tudo isso demora pra acontecer, nada é tranquilo, a aceitação de ser gay nem sempre é fácil.

Mas em Boys, o roteiro é bem bonitinho e bem contado, com um elenco interessante pra um filme que se passa em alguma cidade pequena da Holanda.

Só que quase no final do filme, por causa de uma cena bem bonita, eu me lembrei que sim, eu já tinha visto o filme e sabia o que aconteceria dali pra frente.

Achei engraçado ter sido surpreendido por um filme super despretensioso e ter achado que era tão ruim e que por isso eu tivesse apagado da memória, mas não, não sei o que aconteceu com os primeiros 4/5 do filme.

No final, o filme é bonzinho, bonitinho mas tem um problema: o diretor pirou numa história de fazer umas cenas sem foco e entrar com foco no meio que, se fossem feitas direitinho, teriam sentido, mas no caso acabam só irritando.

Fora isso, super recomendo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: