125/365 PERFEITA É A MÃE

Perfeita É A Mãe é o tipo de filme com um propósito que acaba funcionando melhor nos discursos promocionais das atrizes do que quando você assiste o filme em si.

Fora esse detalhe, o filme é bem engraçado. E eu poderia até dizer que o filme é meio primo irmão de Bridesmaids (A Melhor Despedida de Solteira) com seu discurso de empoderamento feminino, de mulheres protagonistas em comédia e tudo mais.

O filme conta a história de 3 mães que se rebelam com o status quo de “ser mãe exemplar” e fazem o que podem para voltarem a terem uma vida digna das mulheres que eram antes de virarem só donas de casa. Ou algo parecido.

O filme, de novo, é divertido, engraçado, com as 3 atrizes principais arrasando, Mila Kunis, Kristen Bell e principalmente Kathryn Hahn.

O que me parece é que o roteiro foi escrito por homens que nunca se casaram, que não possuem tanta referência de esposa perdida como dona de casa, mas que talvez tenham referências do que tenham lido na internet de mulher de saco cheio, porque eu acho que umas mulheres de saco cheio fariam muito mais que beber vodka no gargalo no supermercado.

Como já disse, algumas piadas são boas e Kathryn rouba o filme como a mais revoltada das 3 mães, mas acho que faltou uma aprofundada maior na história de empoderamento, da mulher poder fazer o que quiser mesmo, que vai além de festa e ressaca.

De qualquer maneira, é diversão garantida num fim de semana chuvoso com a ajuda da Netflix.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s