Lá se foi o gênio Jonathan Demme.

O grande diretor americano Jonathan Demme morreu hoje pela manhã aos 73 anos, de complicações cardíacas em sua luta contra um câncer no esôfago que vinha sendo tratado desde 2010.

Jonathan Demme talvez seja um dos maiores diretores americanos que não tenha tido o reconhecimento devido em vida.

O cara, que começou na produtora de Roger Corman nos anos 70 fazendo filme de bikers, revolucionou o documentário musical com Stop Making Sense, o filme/show dos Talking Heads que começa com David Byrne e um boombox no palco. Foda demais. Não só esse filme, Jonathan Demme fez muito coisa com música, dirigiu 3 docs sobre Neil Young, fez documentário do Justin Timberlake e dirigiu o clipe de The Perfect Kiss do New Order, apenas.

Demme fez pra mim um dos meus filmes preferidos dos anos 80, Totalmente Selvagem, o filme que lançou a musa Melanie Griffith e que eu assisti numa pré estreia linda de lançamento da revista Set em 1986.

Em 1991 Demme lançou um dos maiores filmes de terror de todos os tempos, O Silêncio dos Inocentes, um dos únicos 3 filmes a vencer os 5 principais Oscars: Filme, Diretor, Ator (Anthony Hopkins), Atriz (Jodie Foster) e Roteiro Adaptado. 2 anos depois lançou Filadélfia, o filme que deu o Oscar a Tom Hanks no papel de um gay portador de HIV, nos obtusos e preconceituosos anos 90’s.

Descanse em paz, mestre.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s