Oscar 2017

Assistindo a premiação do Oscar e vendo Warren Beaty se atrapalhar e se perder com o envelope que ele tinha em mãos para anunciar o principal prêmio da noite, o de melhor filme, cheguei à conclusão que até mesmo um dos mais fodões das artes do mundo se perde quando é pego de surpresa, ao vivo, em frente de uma audiência de mais de 1 bilhão de pessoas.

Foi bizarro: ele abriu o envelope e não anunciava o vencedor. Fay Dunaway que estava ao seu lado, Clyde do Bonnie, foi ficando nervosa e falando pra ele falar. Ele deu o papel pra ela ler e ela anuncia que o vencedor é La La Land. O povo todo sobe ao palco, os produtores agradecem, aquela choradeira linda e entram umas pessoas anunciando que o anúncio foi errado, que o real vencedor era Moonlight.

Constrangimento total mas o produtor de La La Land foi fino e fofo e magnânimo e disse que com prazer e alegria entregaria o prêmio aos produtores e equipe de Moonlight.

Eis que Warren vai ao microfone e mostra o papel que deram pra ele ler. Era o papel com o prêmio de melhor atriz para Emma Stone. Faye viu La La Land ali embaixo e se jogou.

A conclusão é: num momento de tensão, de equívocos, até o fodão dos fodões se perde mesmo e não sabe o que fazer. Lembra da Adele desafinando ano passado, se desculpando depois e dizendo que não repetiria o erro e esse ano recomeçou a música nos mesmos Grammy’s? Warren deveria ter feito o mesmo, mesmo a culpa não sendo dele, ou apesar da culpa não ser dele.

Mas entre mortos e feridos, Moonlight, o filme de 5 milhões de dólares, o filme gay, o filme de negros pobres de Miami, o filme da mãe viciada em crack, o filme do traficante filósofo, ganhou o Oscar de melhor filme.

Aliás, depois do ano passado dos #Oscarsowhite, esse ano foi o Oscar dos negros, dos gringos, um tapa na cara do Trump.

Felicidade.

Screen Shot 2017-02-27 at 11.21.18.png
Se liga, estagiário dos envelopes.

Vencedores:

Ator Coadjuvante: Mahershala Ali de Moonlight ❤

Maquiagem: Esquadrão Suicida

Figurino: Animais Fantásticos e Onde Habitam

Documentário: O.J.: Made In America

Edição de Som: A Chegada

Mixagem de Som: Até o Último Homem (filme do Mel Gibson que eu não vi e nem vou ver)

Atriz Coadjuvante: Viola Davis ( e seu discurso absurdo de lindo)

Filme de língua não inglesa: O Apartamento, do meu preferido Asghar Farhadi que não conseguiu visto pra entrar nos EUA: “my absence is out of respect for the people of my country”. E o prêmio foi recebido pela primeira astronauta iraniana a ir pro espaço, Anousheh Ansari

Screen Shot 2017-02-27 at 12.52.10.png

Curta de Animação: Piper

Animação: Zootopia

Direção de Arte: La La Land

Efeitos Visuais: O Livro da Selva

Edição: Até o Último Homem

Documentário Curta: Os Capacetes Brancos

Curta: Sing

Fotografia: Linus Sandgren, La La Land

Trilha Original: La La Land

Música Original: La La Land

Roteiro Original: Manchester À Beira Mar

Roteiro Adaptado: Moonlight

Diretor: Damien Chazelle

Ator: Casey Affleck

Atriz: Emma Stone

Filme: Moonlight

Screen Shot 2017-02-27 at 12.27.20.png

E umas fotos, porque nessa festa o povo se arruma bem:

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Oscar 2017

  1. Pingback: E as belezas nas after parties do Oscar. – Já viu?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s