O “rolêzinho” que deu errado em “A Última Parada”.

Vou fazer já de cara um mea culpa: esse “A Última Parada” que é na minha opinião o melhor filme indie americano do ano passado, não é exatamente uma história de um “rolêzinho”.
Mas eu acabei de me lembrar absolutamente dessa obra prima ao ver essa foto da Folha:
rolezinho
O filme conta a história verídica do que aconteceu na noite de ano novo de 2008 com Oscar e seus amigos quando iam ver a queima de fogos em São Francisco.
Ao ser reconhecido no metrô por um membro de uma gangue rival e brigar com esse sujeito, Oscar e uns amigos são detidos pela polícia numa estação e o pior acontece.
Essa é uma foto do filme, recriada a partir de imagens gravadas por celulares no dia do ocorrido.
Fruitvale Station
O filme é lindo demais, muito bem dirigido e tem Michael B. Jordan, dando a vida a um jovem “perdido”de uma forma que como já disse, nunca imaginei que fosse chorar assistindo um filme americano de gangues.
E esse filme, ou essa história, é uma lição pra todo mundo que acha engraçados ou irreverentes esses rolêzinhos. Claro que a molecada só quer se divertir, mas só precisa de uma pessoa ficar mais nervosa do que deveria, um moleque ou pior, um policial armado (como no caso do filme) e já era.
Cadê o filme estreando no cinema, Paris Filmes?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: