O cara do filme do Bela Lugosi is dead.

Desculpe a brincadeira besta do título mas é melhor do que chorar nesses momentos.
Tony Scott, o inglês diretor de “Fome De Viver” se jogou de uma ponte ontem, domingo, em Los Angeles.
“Fome de Viver” de 1983, sua estreia nos longa metragens, é um dos filmes mais importantes da minha vida, não só pelo início fudido do Bauhaus tocando num clube onde um casal de vampiros, Catherine Deneuve e David Bowie, vai atrás de sua próxima vítima. MAs o filme lançado em 1993 mostra muito de como era a vida naquela época, não dos vampiros, mas dos adolescentes que adoravam o gótico inglês como era o meu caso.

Só isso já seria suficiente, mas o filme é melhor ainda, com Bowie se degenerando, Susan Sarandon apaixonada (óbvio) pela Deneuve e mais um monte de coisa boa. Comprei o dvd do filme acho que ano passado e fiquei feliz da vida.
Tony Scott era irmão do gênio Ridley Scott, e com ele produziram muitos shows bons de tv como “The Good Wife”.
Além disso, Tony foi o diretor de “Top Gun”, seu maior sucesso comercial e do bem bom “True Romance”.
O choque pra mim em ler que Tony Scott pulou de uma ponte é enorme. Ele acabou de rodar um filme, ia fazer “Top Gun 2” com Tom Cruise, daí eu penso, o cara é fodão, tá bem demais nuns projetos enormes, tem uma produtora fodona e… se mata.
Tony Scott se joga da ponte e entra pra história do cinema de vez.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s