Os 25 anos de “Asas Do Desejo”.

25 anos atrás hoje, no Festival de Cinema de Cannes estreava “Asas do Desejo”, um filme do alemão Win Wenders que já era um queridinho do circuito dos festivais mas que com esse filme se tornou uma estrela.

“Asas do Desejo” é um dos top 5 filmes da minha vida.
Uma história de amor linda, onde um anjo se apaixona por uma trapezista de um circo e por ela larga o céu e as asas e vem pra terra tentar conquistá-la.
Só que nesse meio, o filme em preto e branco mostra Nick Cave tocando num clubinho (onde Wenders faz sua declaração de amor ao rock),

mostra o detetive da tv americana Columbo como um cara que consegue conversar com os anjos (onde Wenders mostra seu amor pela cultura americana e onde ele mais seria criticado).

E o principal, o filme mostra como uma história de amor pode ser pop e profunda oa mesmo tempo.
“Asas do Desejo” mistura o peso cultural alemão, sua sisudez com o lado leve da cultura pop, do rock, da tv, do circo.
A história do ex-anjo andando pelas ruas de Berlim e tentando vender sua armadura pra ter algum dinheiro é linda. A diferença de como ele se comportava antes quando conseguia escutar os pensamentos das pessoas e confortá-las ao se aproximar e agora, como um ser humano normal conseguindo enxergar o sofrimento de seus iguais e nada poder fazer por eles é lindo também.
Solveig
Naqueles anos 80 os filmes demoravam pra passar por aqui. Estreou em 87 em Cannes e se não me engano só passou a primeira vez em São Paulo na Mostra de Cinema de 88, meses depois de eu ter ido morar em Lyon e foi lá que eu vi a primeira vez numa retrospectiva no final de 88 também.
Lá eu consegui comprar o vinil da trilha do filme que tenho até hoje. Depois comprei o cd também e hoje posso dizer que eu coleciono oDVD desse filme, tenho 6 diferentes, sendo a mais legal a da Criterion Collection.
O filme é estrelado pela mulher do Wenders Solveig Dommartin como a trapezista e por Bruno Ganz o anjo caído que estourou depois de “Asas…”.

Pra quem nunca viu, digo que esse filme é obrigatório.

Aqui uma das partes mais lindas do filme, só consegui com essa legenda em inglês, mas vale a pena.

P.S. – o filme foi refeito nos EUA como “Cidade dos Anjos”: passe longe, é uma porcaria sem tamanho com o Nicholas Cage, quem mais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: