O terror de Cronenberg de volta em “Senhores do Crime”.

Já disse uma vez que eu não gosto quando leio que os filmes mais recentes de David Cronenberg são chamados de filmes da maturidade, porque ele deixou de lado os monstros e o gore de filmes anteriores. Ou também quando leio que agora ele faz um cinema mais comercial, com histórias com início meio e fim, com personagens mais “reais”. Bobagem total.
Cronenberg, em seus dois mais recentes filmes, por ter deixado de lado os “monstros” e o gore de filmes anteriores, na minha opinião, está mais aterrorizante que nunca. Ele trocou o que a gente sonha (ou nossos pesadelos, pra ser mais preciso) pelo terror que a gente encontra na rua. E mostra esse terror mais próximo com todo o gore e toda a porrada que dele vem.
Em Senhores do Crime, o mestre conta a história de uma enfermeira inglesa (Naomi Watts, fraquinha como sempre, mas pelo menos aterrorizada, o que é melhor que o seu normal) que encontra um diário de uma menina de 14 anos que morreu no parto sob seus cuidados e vai atrás pra tentar descobrir algo sobre sua família ou alguém pra quem possa avisar que ela teve um filho. Nisso ela entra pela porta da frente no submundo da máfia russa em Londres e presencia na carne o terror, a brutalidade e a violência que talvez só ouvisse falar em noticiários de tv ou em tablóides. E quando digo na carne, é literal. Cronenberg é o diretor da carne, mostra a beleza e a podridão, o poder e o fundo do poço a que chegam seus personagens através de seus corpos. Nesse caso, é em sua pele que se conta sua história, através de tatuagens que os russos mostram seus pecados e suas virtudes, se é que se podem chamar de virtudes.
Quando o chefe dessa máfia descobre sobre o diário, faz de tudo para tê-lo em suas mãos com medo da possibilidade de ser incriminado. Entra então em cena seu motorista, o gigante Viggo Mortensen que vai fazer o que pode e o que não poderia pra ter esse diário em mãos. E sai da frente!
Um parêntese. A gente sabe que em filmes de máfia e afins, um motorista nunca é somente um motorista, mas um faz tudo que dirige o carro, cuida de umas pessoas, mata outras, sabe onde enterrar os corpos sem que a policia descubra nada e daí pra frente. Ou pra baixo. Fecha parêntese.
Viggo foi indicado ao Oscar por sua atuação nesse filme, o que também deveria ter acontecido por sua atuação no outro filme de Cronenberg que fez, Uma História de Violência. Filme esse, aliás com Maria Belo, que seria uma escolha muito mais certa que a Naomi no caso de Senhores. Bom, Viggo além de ser o ator pra ter a atuação na medida certa em casos extremos de calma, como quando arruma a moto da enfermeira ou de desespero total como na já antológica seqüência da luta dele com mais dois na sauna, é o ator com o rosto mais transformável talvez do cinema atual, onde a cada filme que faz, não se vê resquícios de papeis anteriores. O cara foi o Aragorn do Senhor dos Anéis e num filme como esse “Senhores…” não se vê o menor resquício daquele personagem. Um prêmio pra um diretor de visão como Cronenberg. Falando ainda da luta na sauna, essa é pra mim a sequência que simboliza todo o cinema recente do diretor canadense, onde um Viggo que fez questão de ficar nu nessa luta, mostra o quanto seu poder vem das suas marcas e tatuagens e o quanto seu corpo que vai sendo massacrado é ainda seu templo e de onde vem a força pra sobreviver. É Cronenberg fazendo o que sabe fazer melhor com o ator que ele pediu aos deuses do cinema.
Filme obrigatório com um final que só um diretor desse nível pode fazer, Senhores do Crime é o filme que com certeza muita gente não vai ver e vai se arrepender depois.

Anúncios

One thought on “O terror de Cronenberg de volta em “Senhores do Crime”.

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: