Comentando ao vivo os EMMYS.

E lá vamos nós. Juro que cada vez menos eu tenho paciência pra ver assistir o tapete vermelho e ver aquele monte de gente falando que ama todo mundo, que a equipe da série/filme é o máximo, que ninguém assediou ninguém, até que termina o contrato e o povo vai pra jugular. Do tapete vermelho... Continue Reading →

Anúncios

260/365 MEGATUBARÃO

Megatubarão, ou The Meg no original, que é um título mais cool, não é um filme de todo ruim. Megatubarão é um filme em 2 partes distintas: a primeira quando é um filme de aventura quando um grupo de cientistas bancados por um multi milionário excêntrico (óbvio) descobre nas profundezas do oceano um mega tubarão... Continue Reading →

257/365 AS HERDEIRAS

As herdeiras são Chela e Chiqui, duas mulheres que vivem juntas a mais de 30 anos em Assunção no Paraguai. Vindas de famílias abastadas, hoje elas passam por grave crise financeira e sobrevivem vendendo o que herdaram: móveis, cristais, faqueiros de prata, Mercedes velhas, quadros, louça e o que mais as pessoas acharem e se... Continue Reading →

256/365 SUPPORT THE GIRLS

Gosto muito da Regina Hall, uma das atrizes mais sub utilizadas do cinema americano. Uma comediante de primeira, que brilhou no ótimo Viagem das Garotas do ano passado e que se mostra uma bela de uma atriz dramática neste Support The Girls. (mas justiça seja feita, quem rouba a cena em Viagem das Garotas é minha... Continue Reading →

254/365 KEEP THE CHANGE

Keep The Chance é um puta filme bacana, mas que precisa de uma explicaçãozinha antes. O filme é sobre um autista, que depois de ter cometido um delito, é condenado a participar de um grupo de ajuda, onde convive com pessoas sob o mesmo espectro, o que acaba sendo uma novidade para ele. O que... Continue Reading →

253/365 DESTINATION WEDDING

Eu quase não asssisti Destination Wedding porque os reviews do filme são bem ruins. Mas não tinha como deixar de ver a Winona beijar o Keanu, casal preferido desde o Dracula. Dracula, aliás, onde eles dizem que na cena onde eles se casam, o padre não era um ator, mas sim um padre real. Assim... Continue Reading →

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑